POSTO DE COLETA DE LEITE HUMANO COMPLETA UM ANO DE FUNCIONAMENTO EM MATÃO

05/08/2014


Posto de Coleta de Leite Humano completa um ano de funcionamento em Matão

Com papel fundamental na proteção e estímulo ao aleitamento, o Posto de Coleta de Leite Humano 'Luzia Valila do Nascimento' completou um ano de funcionamento. O trabalho, além de se firmar como forte colaborador no incentivo ao prolongamento da amamentação, oferece apoio aos bebês internados na UTI neonatal.

“Este leite é ofertado aos recém nascidos internados na Unidade de Tratamento Intensivo, que não podem ser amamentados pelas próprias mães. Assim, eles têm a chance de receber os benefícios do leite materno”, explica a coordenadora do Posto de Coleta, Thais Baldan de Camargo.

O Posto de Coleta foi inaugurado no dia 27 de julho do ano passado, após extensa campanha de arrecadação de fundos e colaboração de entidades matonenses. De acordo com a coordenadora, mais de 30 recém-nascidos foram beneficiados com o leite doado. “Em torno de 35 bebês receberam ajuda do Posto. Com esse leite a criança se desenvolve saudável, tem mais chance de recuperação e fica protegida de infecções, diarreias e alergias”, aponta Thais.

Entretanto, o número de doações de lactantes segue baixo, mesmo com a constante orientação. A fonoaudióloga e coordenadora do Posto lembra, “as doadoras precisam entender que a produção do leite depende do esvaizamento das mamas, quanto mais a mãe amamenta – ou esvazia as mamas – mais leite ela produz”.

O atendimento no Posto de Coleta de Leite Humano ‘Luzia Valila do Nascimento’ é de segunda à sexta-feira, das 7 às 13 horas, com acesso pela Avenida Siqueira Campos, na recepção do Instituto Cardiovascular/Hemodinâmica/SADT do Hospital de Matão.

O leite doado pelas mães é encaminhado ao HC de Ribeirão, onde é feito o controle de qualidade, retornando para Matão em seguida e disponibilizado às crianças que necessitam desse alimento. Outras informações podem ser obtidas no Hospital (telefone 3383-2500, ramal 2133).

Fonte: Hospital de Matão


Ajude Mais

OUVIDORIA

Colabore conosco e registre aqui sua avaliação sobre estes quesistos.

ACESSE NOSSO CANAL