OLHO DIABÉTICO SERÁ REALIZADO EM MAIO

24/03/2017


Olho Diabético será realizado em maio
Mutirão será pretende atender 600 pessoas no dia 6 de Maio no Hospital de Matão

Em coletiva de imprensa na última quarta-feira, 22, o Hospital 'Carlos Fernando Malzoni' anunciou a data do mutirão do “Olho Diabético” em Matão. Na ocasião, estiveram presentes representantes da Diretoria Executiva e Administração da instituição, o Prefeito Edinardo Esquetini, o Secretário de Saúde João Guimarães Junqueira Neto, o Presidente da Câmara Municipal, o vereador Valter Luiz Trevizaneli, bem como o Diretor Clínico do Hospital, Dr. Luiz Cerqueira, acompanhado o idealizador do programa, Dr. José Augusto Cardillo.

A ação será promovida por meio da gestão do programa Estratégia de Saúde da Família, buscando atender pacientes de toda a cidade que já são diagnosticados com diabetes. “Serão examinadas as pessoas que já tem o diagnóstico de diabetes tem interesse em realizar exame de fundo de olho. É importante frisar que o diabetes é a terceira maior causa de cegueira no Brasil, então diferente das outras doenças que apresentam sintomas, quando qualquer sinal aparece, já pode ser tarde demais. Então, há necessidade desse tipo de projeto para trazer a população, oferecer realmente todo o mapeamento da retina e com isso você faz um diagnóstico precoce antes do sintomas aparecerem e prevenir a cegueira”, afirma o oftalmologista, que é especializado em retinopatia diabética.

A campanha pretende realizar gratuitamente exames de prevenção a cegueira pelo diabetes e tratamento posterior de problemas oftalmológicos detectados por equipe qualificada e estrutura adequada. De acordo com a administradora hospitalar, Denise Minelli, a campanha irá contemplar pacientes que não tem acesso ao exame do fundo dos olhos. “Então as pessoas que já são cadastradas na rede pública como diabéticos, serão comunicadas sobre o exame. Já as pessoas que não são atendidas pela rede pública de saúde, mas querem realizar o exame, também serão atendidas”, afirma Denise, que ainda completa, “essa ação busca voltar os olhos para a atenção básica, uma das nossas metas com a gestão do programa Estratégia de Saúde da Família. Pretendemos ajudar muitas pessoas com esse mutirão”.

Segundo Cardillo, os pacientes não serão somente diagnosticados, se houver a detecção de problemas no olho haverá também o acompanhamento. “Não adianta somente apontar que a pessoa tem um problema, por isso esse projeto tem um diferencial. Não será oferecido somente o diagnóstico preventivo precoce, como também vai ser ofertado todo o tratamento clínico e cirúrgico de forma gratuita”, aponta. Para o Prefeito Edinardo Esquetini, o número de pessoas interessadas na campanha pode surpreender. “Nós estamos muito felizes com essa parceria e esperamos que 600 matonenses sejam atendidos, mas acreditamos que o número pode ser superior. Nós queremos trabalhar a prevenção, a prevenção custa mais barato e nesse sentido, de olho no diabetes, estaremos expandindo em uma campanha anual para prevenção da cegueira”, disse.

O ambulatório do Hospital é o local que receberá a equipe responsável pelos exames, a estimativa é que a ação consiga atender 600 pessoas.

Sobre a doença:
A retinopatia diabética, doença que afeta jovens e adultos diabéticos, é responsável por lesões nos vasos sanguíneos localizados no fundo dos olhos, uma espécie de pequenos derrames. Se não for devidamente tratada, pode evoluir para diversas complicações, como o EMD (edema macular diabético), principal causa de diminuição visual na população em idade produtiva, além da evolução para a cegueira se não tratado adequadamente e em tempo.

Fonte: Hospital de Matão


Ajude Mais

OUVIDORIA

Colabore conosco e registre aqui sua avaliação sobre estes quesistos.

ACESSE NOSSO CANAL