Telefone: (16) 3383-2500
Agendamento de Exames: (16) 3506-5500

“Gripário” alivia atendimento no Pronto Socorro

No dia 18 de janeiro de 2022 o Hospital Carlos Fernando Malzoni, em parceria com a Prefeitura de Matão, iniciou as atividades da Unidade de Síndrome Gripal Aguda – “Gripário”, localizada na Avenida 7 de Setembro, 856, onde era o antigo fórum da cidade.
O Projeto de Lei (PL) 5/2022 que regulamenta este convênio foi aprovado por unanimidade em Sessão Extraordinária realizada no dia 11 de janeiro de 2022.
Todo esse movimento deve-se ao aumento expressivo de casos da gripe e COVID-19 desde o início de janeiro de 2022.
No caso da síndrome gripal, a procura por atendimento no Pronto Socorro do HCFM começou a aumentar no dia 25 de dezembro de 2021, quando praticamente dobrou a quantidade de pacientes com síndrome gripal. A média de atendimentos por síndrome gripal no início de dezembro, na faixa dos 40 atendimentos diários, aumentou para 89, chegando a 134 casos no dia 29 de dezembro de 2021. No começo de 2022 os atendimentos para síndrome gripal aumentaram para 219 no dia 4 de janeiro de 2022, mantendo essa média nos dias seguintes.
Em relação à COVID-19, no final de dezembro de 2021 o HCFM registrava 2 pacientes internados na Enfermaria e 2 na UTI. No dia 6 de janeiro de 2022 a Enfermaria registrava 11 pacientes na enfermaria e os mesmos 2 na UTI.
A situação se apresentava insustentável no Pronto Socorro, com uma aglomeração que colocava em risco pacientes com outras patologias.
Por isso, a Administração do Hospital e Prefeitura se uniram para a tomada de medidas emergenciais, que culminou na criação do gripário.
Desde a aprovação desse convênio, o Hospital de Matão iniciou uma grande operação envolvendo dezenas de colaboradores, que precisou colocar o Gripário em pleno funcionamento no prazo de alguns dias.
Foi necessária a contratação de médicos, enfermeiros, técnicos, funcionários administrativos, manutenção, segurança, e ainda os cuidados emergenciais no antigo prédio do fórum, envolvendo hidráulica, elétrica, TI, pintura, limpeza, comunicação visual e mobiliário.
O Gripário irá funcionar pelo período de 60 dias, podendo ser prorrogado para mais 30 de acordo com a necessidade. A capacidade de atendimento diário é de até 300 pessoas, todos os dias da semana, no horário das 9h00 às 21h00.

Testes COVID
No dia 14 de janeiro de 2022 o Hospital Carlos Fernando Malzoni recebeu uma doação de 2000 testes de COVID-19 do tipo Nasofaringe. Essa doação foi intermediada pelos vereadores Paulo Bernardi e Ana Mondini junto ao deputado estadual Adalberto Freitas e do Superintendente do Ministério da Saúde em SP, José Carlos Paludeto.
O aumento exponencial na demanda de testes em todo o mundo tem preocupado as autoridades no Brasil, que já tem dificuldade em adquiri-los. No caso de Matão, a Secretaria de Saúde entregou os 2000 testes ao Hospital, que estão sendo utilizados sob rigorosos critérios médicos, ou seja, serão aplicados nas pessoas que apresentarem sintomas, e que tiverem comorbidades que possam agravar a doença. Aqueles que estão com sintomas de gripe e não foram testados, devem manter uso rigoroso de máscara adequada e ficar isolado para não contaminar outras pessoas com covid, ou mesmo gripe influenza.
Essa medida incomodou muitas pessoas que se dirigiram ao Gripário com o objetivo de se submeterem ao teste de COVID-19, por estarem preocupadas, outros por terem tido contato com pessoas contaminadas, ou até que apresentavam alguns sintomas gripais.
Importante salientar que no “Gripário” as pessoas são examinadas por enfermeiros, médicos, e os casos graves, ou com tendência a se agravarem, são encaminhados ao Hospital para internação ou exames complementares.

Efetividade do “Gripário”
Nos dois primeiros dias de atendimento, 18 e 19 de janeiro, o Gripário já mostrou que é capaz de aliviar o fluxo de atendimento no Pronto Socorro.  
Foram atendidas 223 pessoas no dia 18 e 217 no dia 19 de janeiro. Desse total, 45 realizaram teste rápido para COVID-19, sendo que 19 estavam positivados.
Comparativamente, nesses dois dias, o Pronto Socorro de Matão atendeu 166 pessoas com síndrome gripal, demonstrando a efetividade do “Gripário”, prestando um serviço direcionado aos pacientes com síndrome gripal, e oferecendo maior segurança aos pacientes do Pronto Socorro para o atendimento de outras patologias, incluindo urgência e emergência.

De acordo com a superintendente do Hospital de Matão, Denise Minelli, “estamos cumprindo todas as diretrizes estabelecidas pelo convênio aprovado pela Prefeitura de Matão, e utilizando os dois mil testes para COVID com critério médico. Apesar de todas essas ações, obteremos sucesso contando com os cuidados da população, respeitando o distanciamento e utilizando máscaras de proteção. A pandemia continua em plena atividade”.

🗓 O início das atividades:
Amanhã, 18 de janeiro de 2022.

⏰
Horário de atendimento:
das 9h às 21h,

🏥
Local:
Antigo prédio do Fórum de Matão, na Av. Sete de Setembro, 856, esquina com a Rua Sinharinha Frota, bem próximo ao Hospital

👩‍⚕️
Capacidade de atendimento:
300 pacientes por dia.
O prazo de duração desse convênio será de 60 dias, mas pode ser prorrogado mediante necessidades.
O gripário será um grande auxílio ao sistema de saúde da cidade e aos pacientes.2
Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on linkedin
LinkedIn

“Gripário” inicia atendimento nesta terça-feira dia 18/01/2022

Devido o aumento expressivo de casos da gripe e covid-19 desde o início de janeiro, o Hospital Carlos Fernando Malzoni, em parceria com a Prefeitura Municipal de Matão, criou a Unidade de Síndrome Gripal Aguda: um gripário que, segundo a  superintendente do HCFM, Denise Minelli, “irá melhorar a logística de atendimento, desafogando o Pronto Socorro, melhorando o atendimento dos casos de urgência e emergência”.

A medida foi aprovada por unanimidade pela Câmara Municipal, por intermédio do Projeto de Lei 5/2022 de autoria do Executivo, autorizando a Prefeitura a celebrar convênio com Hospital de Matão.

🗓 O início das atividades:
Amanhã, 18 de janeiro de 2022.

⏰
Horário de atendimento:
das 9h às 21h,

🏥
Local:
Antigo prédio do Fórum de Matão, na Av. Sete de Setembro, 856, esquina com a Rua Sinharinha Frota, bem próximo ao Hospital

👩‍⚕️
Capacidade de atendimento:
300 pacientes por dia.
O prazo de duração desse convênio será de 60 dias, mas pode ser prorrogado mediante necessidades.
O gripário será um grande auxílio ao sistema de saúde da cidade e aos pacientes.2
Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on linkedin
LinkedIn

2000 testes de COVID para o HCFM

Os vereadores Paulo Bernardi e Ana Mondini conseguiram a doação de 2000 testes de COVID destinados ao HCFM por intermédio do deputado estadual Adalberto Freitas e do Superintendente do Ministério da Saúde em SP, José Carlos Paludeto. A entrega foi feita no HCFM com a presença dos citados vereadores, do Secretário de Saúde do Município Ademir de Souza, e da superintendente do Hospital, Denise Minelli. Esses testes serão utilizados na nova unidade para atendimento de síndrome gripal, e será aplicado somente em pessoas que apresentarem sintomas com suspeita de COVID, sob indicação médica.
Agradecemos a todos os envolvidos por essa valiosa contribuição!
Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on linkedin
LinkedIn

“Gripário” será instalado no prédio do antigo Fórum

A Comarca, 14 de janeiro de 2022

Na terça-feira (11), a Câmara Municipal de Matão se reuniu em Sessão Extraordinária que culminou com a votação – e aprovação – de seis itens. Um deles foi o Projeto de Lei (PL) número 5/2022 de autoria do Executivo, que autoriza a Prefeitura a celebrar convênio com a Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Matão, mantenedora do Hospital ‘Carlos Fernando Malzoni (HCFM).
Trata-se de convênio extraordinário aprovado por unanimidade pelos vereadores, visando assistência no pronto atendimento de pacientes, com o objetivo de mitigar efeitos da epidemia de gripe Influenza H3N2, somados aos esforços existentes para controle da pandemia de Covid-19. Consta no PL que nenhum valor poderá ser cobrado dos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS). Se isso for feito caberá a rescisão do convênio e aplicação de 100% de multa do valor total mensal estimado do contrato.
O principal objetivo é desafogar o atendimento no Pronto Socorro Municipal. Para isso, um Plano de Trabalho será colocado em prática possivelmente a partir da próxima semana, atendendo sem necessidade de agendamento – bastando a procura espontânea – as pessoas com sintomas gripais ou de Covid-19 no prédio do antigo Fórum, que foi cedido pelo Governo do Estado de São Paulo para o HCFM no dia 26 de março de 2018.
Estimou-se para firmar o convênio, o atendimento de 300 pacientes por dia, das 9 às 21 horas. “Pedimos a gentileza para as pessoas continuarem buscando atendimentos nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) e nas unidades de Programa de Saúde da Família (PSF) que a Prefeitura disponibiliza para as referidas finalidades, evitando a possível formação de imensas filas de espera no prédio do Fórum”, diz a superintendente do Hospital de Matão, Denise Paolinetti da Câmara Minelli.
“Consideramos muito intensa a procura de atendimento por parte de pessoas com sintomas de gripes, sem saber ao certo se contraíram Covid-19 ou não. Além disso, a quantidade de internações hospitalares na Enfermaria e na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) voltou a aumentar e deverá crescer nos próximos dias. Então, continuamos pedindo a colaboração da população para que não ocorram aglomerações, o afastamento social e o uso de máscaras, sobretudo das mais eficientes”, diz Denise.  
Este convênio tem prazo de 60 dias, podendo ser prorrogado por mais 30 dias. A Prefeitura repassará ao HCFM o valor mensal estimado até o limite de R$ 392.762,81, totalizando o montante de R$ 785.525.62, ficando autorizado o Executivo a custear eventuais adequações, instalações, ajustes e reformas no prédio onde funcionará a Unidade de Síndrome Gripal Aguda (USGA) até o limite de R$ 35.000,00. A USGA poderá ser denominada popularmente de ‘Gripário’.

 

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on linkedin
LinkedIn

Síndrome gripal lota o Pronto Socorro do HCFM

Síndrome gripal lota o Pronto Socorro do HCFM

O Hospital Carlos Fernando Malzoni enfrenta aumento excessivo de casos de síndrome gripal. De 13 de dezembro de 2021 até 5 de janeiro de 2022 o número de casos atendidos no Pronto Socorro do HCFM praticamente quadruplicou (veja o gráfico).
O novo surto de gripe H3N2, um subtipo do vírus “Influenza A”, tem gerado preocupação, na medida em que tem infectado a população simultaneamente com a COVID-19.
No Brasil, ao menos três estados brasileiros – Rio de Janeiro, Ceará e São Paulo – têm relatos de testes positivos tanto para a Covid como para a gripe.
A combinação dos vírus é denominada de “FLURONA”, uma designação a partir dos termos “FLU” (gripe, em inglês) e “RONA” (de coRONAvírus).
Os casos de pacientes com dupla infecção viral não são novidades. Eles foram detectados pela primeira vez nos Estados Unidos, durante o primeiro ano da pandemia de covid-19 (fonte: Agência Brasil).
No caso do aumento de síndromes gripais atendidos no Pronto Socorro da cidade, existe a preocupação com a aglomeração, que pode causar contágios inesperados em pacientes com outros problemas não respiratórios. O Dr. Rafael Bócoli, médico infectologista do HCFM alerta que “o PS é um local que possui uma aglomeração grande nesse momento, principalmente de pessoas com todo tipo de doença. Precisamos ter consciência social. Ao sinal de gripe, deve-se procurar o Pronto Socorro somente em casos de dificuldade para respirar, tosse que fica difícil de controlar em casa, febre mantida por mais de 48h. Deve-se evitar o máximo procurar o atendimento se estiver com sintomas mais leves, como coriza, dor de cabeça, que melhora com analgésicos, tosse leve. Lembrando que o tratamento é feito com medicamentos sintomáticos”.
A vacinação é o maior diferencial que pode evitar o agravamento de casos. Ainda segundo o médico infectologista, “vale lembrar que como as vacinas são feitas com partículas virais, a mesma não impede a infecção, a mesma não impede a infecção, mas reduz a chance de evolução para casos mais graves, como temos observado”, orienta.
A receita é conhecida, mas o Dr. Rafael faz questão de relembrar os cuidados necessários com a prevenção, tanto para a gripe quanto para a COVID: “os meios de prevenção ainda são os mesmos já discutidos quando falamos do coronavírus. Por ambos serem vírus respiratórios precisamos tentar reduzir a chance desses vírus atingirem as vias aéreas, e as formas para isso é o uso de máscara e a higienização das mãos, tendo como objetivo evitar tocar na região de boca, nariz e olhos e, evitar lugares fechados com aglomeração, e principalmente a vacinação tanto para a COVID-19 quando para a influenza”.

Ações emergenciais HCFM / Prefeitura
Diante da situação alarmante no PS da cidade, a Administração do Hospital e Prefeitura se uniram para a tomada de medidas emergenciais.

A primeira medida entrou em vigor já no dia 6 de janeiro, com a mudança no horário de visitas no Hospital. Os novos horários e regras para visitas passam a ser os seguintes:

– Enfermarias 12 às 13h – 1 visitante

– UTI Adulto 16h30 às 16:40h – 1 visitante por paciente

– UTI Neonatal 17h às 17:30h – Somente pai, mãe ou responsável legal

Condições para visitas:

* O visitante não poderá estar com sintomas de síndrome gripal

* O paciente que está com acompanhante não receberá visita.

A segunda medida será a criação de um gripário, para atendimento específico no atendimento de síndromes gripais, em local próximo do PS, provavelmente no prédio do antigo fórum da cidade. Essa medida depende de tramitação na Câmara Municipal de Matão.
De acordo com a superintendente do Hospital de Matão, Denise Minelli, “O Hospital de Matão está tomando todas as medidas necessárias de acordo com o cenário que vai se desenhando. Contamos com o apoio das instituições e a compreensão da população”.

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on linkedin
LinkedIn

Mudança no horário de visitas

 
Com o aumento dos casos confirmados de covid-19 e visando a segurança dos pacientes e colaboradores do Hospital, veja novos horários e regras para visitas.

Enfermarias – 12h às 13h – 1 visitante
UTI Adulto – 16h30 às 16h40 – 1 visitante
UTI Neonatal – 17h às 17h30 – somente pais ou responsável

* O visitante não poderá estar com sintomas de síndrome gripal.
* O paciente que está com acompanhante não receberá visita.

HOSPITAL CARLOS FERNANDO MALZONI
Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on linkedin
LinkedIn

Nota de falecimento: Empresário Armando Marchesan

É com pesar que o Conselho de Administração, a Diretoria e Superintendência do Hospital Carlos Fernando Malzoni comunicam o falecimento do Senhor Armando Marchesan, um dos fundadores da Marchesan Implementos e Máquinas Agrícolas, nesta data.

Aos familiares e amigos do querido empresário, os nossos votos de sinceras condolências.

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on linkedin
LinkedIn

Primeiro parto de 2022 em Matão

O primeiro parto de 2022 em Matão ocorreu no dia 1 de janeiro de 2022 às 08h02 no Hospital Carlos Fernando Malzoni.
O menino Tito Santos nasceu de parto normal, com 3,43kg e 49 cm, depois de 40 semanas e 3 dias de gestação. O parto foi realizado pela médica obstetra Dra. Mizia Cristina Costa Lorenzoni. A família é de Nova Europa, e no último mês os pais Tatiane Cristina Porto Santos e Alexandre Santo iniciaram os preparativos para o parto no HCFM.
(imagens autorizadas por escrito)

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on linkedin
LinkedIn

Nota de falecimento: Dr. Arthur Augusto Ribeiro Ferreira

É com pesar que o Conselho de Administração, a Diretoria, Superintendência, Corpo Clínico e Colaboradores do Hospital Carlos Fernando Malzoni comunicam o falecimento do Doutor Arthur Augusto Ribeiro Ferreira, membro do Corpo Clínico, ocorrido na noite de ontem, 27 de dezembro de 2021.
O velório está sendo realizado no Velório Municipal desde às 7h00 e vai até às 10h30.
O Dr. Arthur, médico cardiologista muito querido dos matonenses, deixa-nos imensamente entristecidos pela sua partida.
Enviamos aos seus familiares e amigos os nossos votos de sinceras condolências.
Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on linkedin
LinkedIn

Hospital de Matão participa do ‘Corujão da Saúde’

O Hospital Carlos Fernando Malzoni participa do programa “Corujão da Saúde”, criado pelo Governo de São Paulo, que conta com a parceria entre Estado e hospitais da rede pública e privada para atendimento de pacientes que dependem do sistema único de saúde (sus) em horário noturno.
A realização dos procedimentos teve início em novembro/2021 no Hospital de Matão, tendo como público alvo pacientes que necessitem da realização dos exames de ressonâncias e tomografias. Até o fechamento desta edição foram contabilizados mais de 200 exames, envolvendo pacientes de Matão e região.
A retomada do Corujão da Saúde visa atender a uma demanda reprimida por causa da pandemia do coronavírus. A queda dos atendimentos por Covid-19 e o avanço da vacinação em SP favoreceram essa retomada.
Denise Minelli, superintendente do Hospital de Matão, explica que “os municípios estão com muitas demandas reprimidas que são provenientes da pandemia da COVID-19, e ações como o Corujão da Saúde auxiliam a reduzir filas, viabilizando maior acesso aos procedimentos que a população necessita”, explica Denise.
O “Corujão da Saúde” segue até o dia 31 de dezembro de 2021.

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on linkedin
LinkedIn
X