Telefone: (16) 3383-2500
Agendamento de Exames: (16) 3506-5500

Posto de Coleta de Leite precisa de doações

Hoje, 19,  celebramos o Dia Nacional da Doação de Leite Humano, data em que homenageamos as mães que, com dedicação e amor, fazem as doações que são destinadas aos bebês internados na UTI Neonatal e Pediátrica do Hospital Carlos Fernando Malzoni.

Com a pandemia do coronavírus, uma baixa severa nos estoques de leite humano vem afetando Bancos de Leite de todo estado, inclusive o Posto de Coleta de Leite Humano da instituição.

Quer ajudar os recém nascidos internados? Entre em contato com o nosso Posto de Coleta de Leite, (16) 3383-2500 ramal 2133, e agende a coleta externa. Todo o leite coletado na instituição é enviado ao Banco de Leite do Hospital das Clínicas de Ribeirão Preto, passa por análises e volta para o Hospital pasteurizados, dessa forma, sendo destinado aos bebês.

Não é doadora, mas quer ajudar? Nós precisamos de frascos de vidro com tampa plástica para armazenar o leite coletado. Compartilhe essa publicação. Sua ajuda salva! 💙🧡

Hospital recebe 7 respiradores recuperados pelo Senai

Equipamentos quebrados foram recuperados pela unidade do Senai na Vila Leopoldina

 

 

O Hospital Carlos Fernando Malzoni recebeu na última sexta-feira, 8, sete respiradores recuperados pelo Senai Vila Leopoldina, localizado na capital paulista. “Nós ficamos sabendo através do diretor do Senai de Matão e Araraquara, que poderíamos, por meio do Senai Vila Leopoldina, recondicionar e reformar os respiradores que já estavam fora de uso dentro do hospital. Eles recuperaram nove dos doze que enviamos, que já entraram em uso na Unidade de Terapia Intensiva”, explica o presidente da Diretoria Executiva do Hospital Carlos Fernando Malzoni, João Carlos Marchesan. Dos nove equipamentos recuperados, sete já foram entregues à instituição com laudo técnico que atesta a calibração dos respiradores.

 

 

Com materiais cedidos pela instituição, o Senai Matão construiu, junto com professores e alunos, câmaras de suporte de respiração, equipamento que vem sendo utilizado no combate ao coronavírus em todo o mundo. “Nessa parceria, foram produzidas câmaras de oxigenação, que protege o médico e equipe de enfermagem, ajuda na oxigenação do paciente, filtrando o ar e diminuindo o risco de contaminação. Elas vão ajudar nos leitos de UTI, justamente por servirem como uma pré-intubação, evitando que o paciente seja intubado”, ressalta Marchesan, que ainda completa, “como Presidente do Hospital de Matão, vice-Presidente da Fiesp e diretor da Ciesp de Matão, quero fazer um agradecimento especial ao Dr. Paulo Skaf que não poupou esforços em nos dar prioridade para a reforma e adequação dos respiradores”, reforça.

 

 

Para o diretor do Senai Matão e Araraquara, Paulo Sassi, a iniciativa partiu de um mapeamentos das necessidades principais das instituições de saúde em todo o estado. “As escolas do estado inteiro estão por dentro dessas iniciativas. Nós aqui contribuímos recolhendo os respiradores de toda a região, no caso de Matão recolhemos doze e estamos entregando sete, com mais que serão entregues em breve. Uma história de sucesso no número de respiradores que conseguimos recuperar”, afirma Sassi.

 

 

Doze câmaras de oxigenação foram destinadas à instituição, que auxiliarão no controle de disseminação do vírus em ambiente de alto risco, como a Unidade de Terapia Intensiva. “Nós convocamos professores que estavam de férias para a confecção das câmaras e fomos prontamente atendidos. Bem como os empresários parceiros que se reuniram e financiaram a produção de 200 máscaras face shield, destinadas hoje ao Hospital. Foi construído o molde dentro do Senai Araraquara e, dessa forma, prontamente conseguimos produzir mais máscaras se for necessário. A somatória dessas ações deixou a gente muito feliz e todos os nossos funcionários estão muito felizes de participar dessa iniciativa tão importante para nossa cidade e para a nossa região ”, explica o diretor do Senai Matão e Araraquara.

 

 

As máscaras face shield foram financiadas pela Loja Maçônica Terra da Saudades, que foi representada, na ocasião, pelo empresário Gustavo Marischen.

 

 

Hospital estabelece protocolo para o COVID-19

Ainda não há casos suspeitos na cidade; instituição preza pela prevenção

Desde o surgimento de casos no Brasil de pacientes suspeitos de contaminação pelo COVID-19, o Hospital Carlos Fernando Malzoni vem movimentando a equipe do Serviço de Controle de Infecção Hospitalar (SCIH) na implantação de protocolos preventivos e fluxos para o coronavírus e atendimento ao paciente com suspeita de Influenza H1N1, H3N2 e tipo B. “Acreditamos que preparar o colaborador quanto a isso é fundamental, bem como instruir a população sobre a identificação dos sintomas e formas de prevenir a proliferação do vírus”, explica do diretor técnico do Hospital, Dr. César Minelli.

A instituição compartilhou em suas redes sociais e aplicativos de mensagens instantânea um informativo prático alertando sobre em que momento procurar uma unidade de saúde próxima. “Foi compartilhado um informativo com as principais informações sobre como identificar os sintomais, quais são eles e como funciona o tratamento de quem está com o vírus. Além disso, a principal forma de prevenção é conscientização sobre a higienização das mãos, uso de álcool em gel, cobrir as narinas e a boca quando for espirrar e tossir”, ressalta, Minelli.

Além de treinar os colaboradores das equipes multiprofissionais, administrativo, recepções, entre outos, sobre os procedimentos necessários para a identificação de pacientes contaminados, em uma reunião na última terça-feira, 3, o Hospital convocou membros da Secretaria Municipal de Saúde, Vigilâncias Sanitária e Epidemiológica, além dos membros do Serviço de Infecção Hospitalar, para elaborar um fluxo de atendimento, tanto nos pacientes que procurarem as Unidades Básicas de Saúde, quanto para os que chegarem até o Pronto Socorro. “É preciso se precaver nesses casos para não haver pânico por parte da população. Nessa conversa conseguimos estabelecer quais serão os protocolos oficiais de atendimento quando houverem casos suspeitos”, comenta a superintende do Hospital, Denise Minelli, que ainda ressalta, “indicamos que as pessoas que estiveram fora do país nos últimos 14 dias e apresentarem os sintomas como febre, tosse e falta de ar, procurem um médico de sua confiança ou a unidade de saúde mais próxima”, diz.

De acordo com o diretor técnico do Hospital, a taxa de infecção

Sintomas

Aprenda a identificar os sintomas:

  • Histórico de viagem à área com transmissão local nos últimos 14 dias antes do início dos sintomas;

  • Contato próximo com caso suspeito ou confirmado para o COVID-19 nos últimos 14 dias;

  • Febre e/ou sintomas respiratórios como tosse e dificuldades para respirar

Amamentação é foco do Agosto Dourado

Amamentação é foco do Agosto Dourado

Com o objetivo de conscientizar pais e familiares sobre seu papel no apoio à prática do aleitamento materno, a campanha Agosto Dourado busca empoderar famílias e incentivar a amamentação. De acordo com a coordenadora do Posto de Coleta de Leite Humano do Hospital Carlos Fernando Malzoni, Thais Baldan, o leite materno é o melhor alimento para a saúde e desenvolvimento do bebê. “A Organização Mundial de Saúde (OMS) acredita que o aleitamento materno é a maneira ideal para fornecer às crianças os nutrientes que necessitam para um desenvolvimento saudável. A amamentação auxilia na transmissão de anticorpos da mãe para o bebê, evitando problemas de saúde durante a vida da criança”, explica.

O Hospital Carlos Fernando Malzoni tem, desde 2013, um espaço destinado para a coleta de leite humano. “O Posto de Coleta de Leite Humano busca doações para os bebês internados na UTI Neonatal do Hospital e orienta as mães que tem dúvidas sobre a amamentação”, conta a coordenadora. No Agosto Dourado, o Posto de Coleta realizou uma palestra em celebração a campanha, destinada aos profissionais da área da saúde, dessa forma, reciclando e preparando enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem, na abordagem e conceito da importância do aleitamento. “Convidamos a fundadora do Banco de Leite do Hospital das Clínicas de Ribeirão Preto, a enfermeira, Anália Ribeiro Heck, para contar sua trajetória de trabalho e enfatizar a importância da conscientização junto as mães”, comenta Thais.

Para a enfermeira, que hoje dá nome ao Banco de Leite de Ribeirão Preto, é preciso capacitar a mãe para o pós gestação. “A mãe se prepara para a gestação e para o parto e esquecemos de reforçar como é preciso estar preparado para receber uma criança. A amamentação não é fácil, mas é possível, as equipes de saúde devem preparar as mulheres para a amamentação e estar prontos para orientá-las em caso de dúvidas e dificuldades. Campanhas como o Agosto Dourado auxiliam na divulgação da importância do aleitamento materno, mantendo o assunto em pauta em discussões, na mídia e em momentos como esse”, afirma Anália Ribeiro Heck, que também é Presidente da Associação de Profissionais de Banco de Leite Humano.

4ª Semana de Prevenção ao AVC foi um sucesso

4ª Semana de Prevenção ao AVC foi um sucesso 

Corrida de 5KM, prova de Mountain Bike, Caminhada e sorteio de prêmios fizeram parte do encerramento que reuniu grande público no Conjunto Poliesportivo; Palestra e Concurso de Frases, Redação e Vídeos premiaram alunos de escolas da cidade. 

Nos últimos dias 23, 24 e 25 de maio diversas atividades marcaram o encerramento da  4ª Semana de Prevenção ao AVC realizada pelo Centro de Pesquisa e Reabilitação e Hospital Carlos Fernando Malzoni de Matão.Uma palestra foi realizada abordando o tema e o Concurso de Frases, Redação e produção de vídeo premiou alunos da rede municipal e particular de ensino. Corrida de 5KM, prova de Mountain Bike – XCO, Caminhada e sorteio de prêmios reuniu grande público no Conjunto Poliesportivo Laerte José Tarallo Mendes. O evento foi considerado um sucesso pelos organizadores e participantes.

As atividades iniciaram na noite de quinta-feira(23), às 19h, no auditório do Centro de Estudos e Pesquisa do hospital com a realização de uma palestra cujo tema foi: ‘Atividade Física’. No dia seguinte também no CEP, ás 19h, foi realizada a premiação dos alunos das escolas municipais e particulares que participaram do Concurso.O terceiro colocado ganhou um fone de ouvido JBL, segundo lugar, um tablet e o primeiro lugar, um smartphone.(Confira quem foram os vencedores no final da matéria). A solenidade contou coma presença dos pais dos alunos, representantes das escolas participantes, a diretora de divisão do ensino fundamental, Ana Lúcia De Cinque, a presidente da comissão julgadora, Ana Cláudia Rodrigues de Sousa e demais membros da comissão: A doutora em letras e mestre em literatura, a professora da Unesp Ude Gandini Baldan, o professor da ETEC Sílvio de Matos Carvalho, Simão Coury, o produtor de vídeo, Célio Gardini, o escritor Davi Liesemberg, representando o plano de saúde Hsaúde, a educadora Maria Celeste Caligher Tortorello e a diretora do departamento de Saúde, Marina Sevilhano Cechetto, além do vereador Dr. Luis José Cerqueira, autor do projeto que instituiu a ‘Semana Municipal de Prevenção ao AVC em Matão’. Sobre o Concurso Cultural, o presidente do CENPREAB, Dr. César Minelli, idealizador do evento, ressaltou a importância de levar esse tema para as escolas. ‘É preciso debater este assunto com as crianças para que elas comecem desde cedo a entender como a atividade física é essencial na vida de todos nós. Fiquei emocionado com o resultado dos trabalhos dos alunos e como eles aprenderam tudo sobre o AVC. Foi muito legal! Aproveito para agradecer imensamente a comissão julgadora que avaliou os trabalhos: A professora Ude Baldan, o Célio Gardini, Lelé Tortorello, o David e o Simão Coury e a Cláudia, que enriqueceram o nosso evento com os seus conhecimentos. Agradeço aos pais, alunos e representantes de cada escola por estarem com a gente nesta ação tão importante em prol da saúde’, diz César. 

Dando continuidade as atividades de encerramento, no sábado (25), às 16h, no Conjunto Poliesportivo Laerte José Tarallo Mendes aconteceram as provas de Mountain Bike, modalidade XCO, a corrida de 5KM e corrida na categoria infanto juvenil, além da caminhada seguida pelo trio elétrico. O evento atraiu grande número de atletas e adeptos a atividade física de Matão e região. Estiveram presentes na premiação, o diretor-presidente do Hospital, João Carlos Marchesan, a superintendente do hospital, Denise Minelli, o prefeito de Matão Edinardo Esquetini, o secretário de Esportes Lazer, Turismo e Juventude, Sebastião Trigo.

Dr. César acrescenta que toda correria valeu a pena. ‘Ficamos numa tensão danada na organização do evento, mas quando vemos toda aquela movimentação dos atletas e da população participando, já começamos pensar no evento do ano seguinte. Estou muito feliz pelo resultado e agradecido a todos os parceiros,patrocinadores, a população, colaboradores do hospital, aos atletas de Matão e região que vieram nos prestigiar”, finaliza. 

O diretor-presidente do Hospital, João Marchesan, falou da satisfação de estar presente em mais um evento.‘Participo todos os anos da corrida, porque sei da importância desse trabalho realizado pelo César e colaboradores do hospital. A atividade física, sem dúvida, é o caminho para prevenir todo tipo de doença e o nosso objetivo é envolver a comunidade matonense nestas ações como forma de melhorar a qualidade de vida das pessoas e alertar sobre os perigos do Avc. Queremos aproximar as pessoas do nosso hospital para que elas vejam a excelência dos nossos serviços e os profissionais que disponibilizamos para cuidar de nossa população. Parabenizo a todos os envolvidos na organização do evento, ao César que encabeçou tudo e a população por ter nos prestigiado’, enfatiza.
Denise Minelli, superintendente do Hospital enfatizou sobre os trabalhos de prevenção. ‘Nós que trabalhamos na área da saúde, sabemos da importância da prevenção e dos cuidados na atenção básica para evitar doenças terríveis como é o caso do AVC, que atualmente é considerada a segunda doença que mais mata no mundo e a primeira que incapacita o ser humano. Medidas como atividade física, fazem parte da prevenção pois, se feita com supervisão, ajudam a controlar a pressão arterial. Portanto, só tenho a agradecer ao César pelo brilhante trabalho que desenvolve com as escolas, com a comunidade matonense e com nosso Hospital. Agradeço aos colaboradores,aos parceiros do hospital e aos patrocinadores que fizeram com que o evento fosse possível ‘, ressalta Denise. 

Vencedores do Concurso Cultural de Frases, Redação e produção de Vídeos.  

Categoria Frases
-1º lugar:
Luiz Felipe Pereira do Carmo, do 5º ano B, da Escola Municipal de Ensino Fundamental Profº Antônio Carlos Manzini.
-2º lugar:
Gisele Cristina da Silva Santos do  6º ano B, da Escola Municipal de Ensino Fundamental Profº Antônio Carlos Manzini.
-3º lugar:
Braian de Sousa Coelho do 5º Ano B, da Escola Municipal de Ensino Fundamental Prefeito Celso de Barros Perche – CAJU.
Categoria Redação 
-1º lugar:
Letícia Maria Gonella Romano do 8º ano B, da Escola Municipal Adelino Bordigon.
-2º lugar:
Luiz Gustavo Moraes Lima do 9º ano, da Escola CEM.
-3º lugar:
Thaina Aparecida Ribeiro do 8º ano C, da Escola Municipal de Ensino Fundamental Profº Antônio Carlos Manzini.
Categoria Vídeos: 
-1º lugar:
Luiz Fernando Guarnieri,  do 7º ano B, da EMEF Prefeito Celso de Barros Perche – CAJU.
-2º lugar:
Eduardo Pereira de Andrade do 8º ano A, da EMEF Prefeito Celso de Barros Perche – CAJU.
-3º lugar:
Bruno Monteiro do Nascimento do 8º ano A, da EMEF Prefeito Celso de Barros Perche – CAJU.

Clique no botão de edição para alterar esse texto. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Ut elit tellus, luctus nec ullamcorper mattis, pulvinar dapibus leo.

Clique no botão de edição para alterar esse texto. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Ut elit tellus, luctus nec ullamcorper mattis, pulvinar dapibus leo.

Dia Mundial do Rim movimenta Hospital

O Serviço do Nefrologia do Hospital de Matão preparou uma atividade para conscientizar a população sobre a importância da saúde do rim. Junto aos alunos do curso técnico de Enfermagem da ETEC Sylvio de Mattos Carvalho, a equipe do serviço aferiu pressão arterial e glicemia dos pacientes e visitantes que passaram pela recepção de visitas da instituição, nesta quinta-feira, 14.

O nefrologista, Dr. Rodrigo Gonçalves da Silva, explica que a data foi escolhida por ser o Dia Mundial do Rim. “É uma forma de lembrar as pessoas a importância de se atentar a saúde dos rins. Cuidando da alimentação, controlando a pressão arterial e glicemia. Diminuindo o consumo de sal e aumentando o de água. Atitudes simples, que podem evitar a paralisação destes órgãos”, afirma.

Confira as fotos!

Café da Manhã comemora Dia da Mulher

O Grupo de Trabalho de Humanização, com apoio do Serviço de Hotelaria, realizou um café da manhã especial para as mulheres do Hospital Carlos Fernando Malzoni nesta sexta-feira, 8. Em comemoração a data do Dia Internacional da Mulher, as colaboradoras puderam desfrutar de um café da manhã especial, além de desfrutarem de um momento de beleza com mimos recebidos pelo Atacarejo da Beleza e Genial Perfumaria.

Para a assistente social Natalia Vedroni, a ação visa quebrar a rotina do dia a di. “O GTH acredita que essa é uma data de celebração e tivemos uma resposta muito positiva das colaboradoras, mais de 400 passaram pelo local somente no horário da manhã e puderam aproveitar o que foi preparado”, afirma.

Confira as fotos!

Violência obstétrica é discutida em palestra

O Centro de Ensino e Pesquisa (CEP) do Hospital Carlos Fernando Malzoni, recebeu na manhã do último sábado, 9, a professora e mestre em Direito, Marcela Silva Almendros que levantou junto aos presentes o tema “Violência Obstétrica”. Reunindo profissionais da área da saúde de toda a cidade, incluindo enfermeiros, técnicos, auxiliares, agentes comunitários e socorristas, o encontro pode discutir os fatores que caracterizam a violência desde a gestação, até o nascimento do bebê.

A palestra, organizada pelo Departamento de Educação Continuada, encheu o auditório do CEP. Confira as fotos! 

Hospital lança Código de Conduta Ética

Instituição também apresentou Canal de Denúncia aos colaboradores

O Hospital Carlos Fernando Malzoni lançou na última semana seu novo Código de Conduta Ética, um manual que reúne regras e princípios da instituição, bem como esclarece as responsabilidades éticas, sociais e ambientais da própria organização. O evento contou com colaboradores de todos os setores, que puderam receber um exemplar e conferir uma apresentação detalhada sobre a importância desse documento. Durante os dois dias, mais de 600 livretos foram entregues aos funcionários.

De acordo com a superintendente do Hospital de Matão, Denise Minelli, o estabelecimento de padrões auxilia no tomar de decisões, no dia a dia de trabalho. “O Código de Conduta e Ética nos ajudará a orientar as ações dos membros do Hospital, de todos os níveis hierárquicos, seguindo a missão, visão e valores da organização. Esperamos que este instrumento ajude a nortear o trabalho desenvolvido aqui, focando sempre nossas relações em atitudes éticas, humanizadas e responsáveis”, afirma.

Juntamento ao Código de Conduta Ética, uma segunda ferramenta de prevenção de práticas ilícitas foi lançada pelo Hospital, o Canal de Denúncias, um espaço exclusivo e independente para o recebimento de denúncias de empregados, clientes, corpo clínico, fornecedores, corpo docente e discente, público de interesse externo, entre outros interessados em denunciar ações que fogem da linha estabelecida pelo código. “Pelo canal podem ser realizadas denúncias de fraudes em contratos, corrupção, manipulação de dados, assédio moral dentro do ambiente de trabalho ou qualquer outra irregularidade”, explica o gerente de Administração de Pessoal, José Carlos Venção, que ainda completa, “a administração da ferramenta será feita por uma empresa especializada e independente, a Deloitte, dessa forma garantimos o sigilo das informações”, diz.

A plataforma poderá ser acessada de três maneiras: pelo telefone 0800-721-9158; pelo e-mail denunciashcfm@deloitte.com e hotsite www.ethicsdeloitte.com.br/matao/. O denunciante não precisa se identificar, a denúncia pode ser feita de forma anônima e sigilosa, dessa forma a empresa garante que o seu nome não será divulgado para o Hospital. Rastreamentos também não são possíveis pelo sistema utilizado, evitando a identificação do denuciante.

“As três formas de acesso já estão disponíveis para os colaboradores e demais interessados, no acesso via hotsite, por exemplo, é disponibilizado um formulário guiado para preenchimento com informações de pessoas ou empresas envolvidas. Para o complemento da denúncia, é possível anexar documentos e indicar testemunhas, quanto mais informações e detalhes, melhor para a empresa. Todos os meios de acesso ao Canal de Denúncias disponibilizarão ao final do atendimento um número de protocolo e senha, que permitirá o acompanhamento, pelo site do canal, das providências tomadas em relação à denúncia”, explica Venção.

“Esperamos que essa ferramenta seja de grande valia para o Hospital de Matão, juntamente ao Código de Conduta Ética, que é fundamental para fortalecer a governança, através do engajamento das partes, assim permaneceremos no cumprimento da missão de nosso fundadores, cuidar da saúde da população, com ética, cuidado e respeito”, conclui Denise Minelli.

 

 “O Código de Conduta e Ética nos ajudará a orientar as ações dos membros do Hospital, de todos os níveis hierárquicos, seguindo a missão, visão e valores da organização. Esperamos que este instrumento ajude a nortear o trabalho desenvolvido aqui, focando sempre nossas relações em atitudes éticas, humanizadas e responsáveis”, afirma.

Denise Minelli
Superintendente do Hospital C. F. Malzoni
X